Articles & News Stories

614-2184-1-PB.pdf

Description
Download 614-2184-1-PB.pdf
Published
of 24
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Share
Transcript
    DE HERMES TRIMEGISTO AO CAMPO QUÂNTICO CATORZE MIL ANOS DE VIBRAÇÕES FROM HERMES TRIMEGISTUS TO THE QUANTUM FIELD: FOURTEEN THOUSAND YEARS OF VIBRATION Rui Arsego Médico, psiquiatra, discente do Curso de Pós-Graduação em Saúde Quântica IBPEX –  UNINTER. Jorgina Maria da Silva  Docente do Curso de Especialização em Saúde Quântica na UNINTER. Doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.  RESUMO  O presente Trabalho de Conclusão de Curso tem o objetivo de trazer à luz o conhecimento de 14.500 anos atribuído a Hermes Trimegisto, como corpo energético, vibrações e frequências, corroborado pelas descobertas da Física Quântica e suas aplicações na Saúde Quântica, que permitem confirmar aqueles achados. Palavras-chave:  Hermes Trimegisto. Vibrações. Frequências Quânticas. Saúde Quântica. ABSTRACT The present monograph aims to highlight 14,500 years of knowledge attributed to Hermes Trismegistus, such as energetic body, vibrations and frequencies, corroborated by the findings of quantum physics and its applications in Quantum Health, which allow us to confirm those findings. Keywords : Hermes Trismegistus. Vibrations. Quantum Frequencies. Quantum Health.  Rui Arsego e Jorgina Maria da Silva Revista Saúde Quântica / vol.5 –  nº5/ Jan  –  Dez 2016 30   INTRODUÇÃO Relata-se em textos árabes antigos a existência de um sábio que viveu no Egito antigo chamado Hermes Trimegisto ou Hermes, o Três  Vezes Grande, ou Três Vezes Mestre, sendo esse o nome dado pelos alquimistas, neoplatnicos e msticos ao deus egpcio Thot, que  identificado com o deus grego Hermes. Sua srcem e seus feitos se perdem na bruma dos tempos, sendo atribuído a ele muitas versões, entre as quais a de que não era um único sábio, mas a somatória do conhecimento reunido à época. De qualquer modo,  fazem parte dos saberes a partir do qual serviram de base para a formao da cultura rabe em seu incio, alm de terem sido traduzidos para a lngua rabe a partir de livros dos sbios da antiguidade, em que grande parte da literatura rabe foi baseada. O deus egípcio Thoth era o Senhor dos Livros e do Saber, o Juiz dos Deuses, o diretor dos planetas e das estações, e o escriba dos deuses. Os gregos o identificavam com Hermes. Ele era considerado autoconcebido e autoproduzido. Thoth era chamado de o Senhor das Palavras Sagradas , pois inventou os hieróglifos e os números. Como o Ancião, ele foi o primeiro e o maior dos magos, o Mago Supremo. Era mais poderoso que Osíris e Ra. Era o patrono dos sacerdotes e o deus de toda a magia. Thoth foi criador das Quatro Leis da Magia. Foi também o arquiteto das grandes pirâmides de Gizé, há 14.500 anos. Essa deidade possuía a cabeça de um íbis e usava um disco lunar e uma lua crescente na cabeça; segurava a pena e a palheta de um escriba. Possuía duas esposas, Seshat e Nehmauit. A íbis lhe era sagrada e era associada à Lua.  De Hermes Trimegisto ao campo quântico: catorze mil anos de vibrações Revista Saúde Quântica / vol.5 –  nº5/ Jan  –  Dez 2016 31 Deus egípcio Thoth   Deus grego Hermes Em seu centro sagrado em Hermópolis Magna no Alto Egito, seus sacerdotes ensinavam que Thoth criava com o simples poder de sua voz. Numa cripta sob seu templo principal eram mantidos seus livros de magia, os quais eram abertos apenas a seus discípulos iniciados, sendo traduzidos pelos gregos e por povos posteriores nos trabalhos de Hermes Trismegistus e de Kybalion. O Kybalion ou Caibalion, na língua hebraica significa tradição ou preceito manifestado por um ente de cima. Esta palavra tem a mesma raiz da palavra Kabbalah, que em hebraico, significa recepção. A Cabala visa conhecer Deus   Rui Arsego e Jorgina Maria da Silva Revista Saúde Quântica / vol.5 –  nº5/ Jan  –  Dez 2016 32   (D'us) e o Universo. Seus seguidores acreditam que ela surgiu como uma revelação, reservada apenas a alguns privilegiados, explicando a relação entre o  Ain Soph  (o ilimitado, imutável, eterno e misterioso) e o Universo mortal e finito (criação de Deus) (Wikipédia). A Tábua  de Esmeralda  um dos textos mais conhecidos da literatura hermtica e alqumica e teria fundado a alquimia rabe, uma vez que conteria o segredo da substncia primordial e suas transmutaes. Escrito pelo fundador mtico da alquimia, Hermes Trismegisto, possui este nome, pois foi gravada em uma tbua de esmeralda, encontrada na base de uma esttua de Thot. Como, à época, a e smeralda era polida em oito faces, e como o “Caibalion” contm oito arcanos maiores, a associação entre ambas não foi estabelecida ao acaso. Sua verso mais antiga encontra - se em um tratado rabe do sculo VI, o Livro do Segredo da Criao , datado de antes de 825 d.C. Para o pesquisador Gabriel Silva, autor do livro “Los Ocho Kybaliones”, estes conceitos datar iam de pelo menos 14.500 anos, sendo praticamente o único livro que se salvou do incêndio na Biblioteca de Alexandria. Teria sido passado por Thot aos discípulos na fundação do Antigo Egito. No contexto histórico, os conhecimentos atribuídos a Hermes Trimegisto são srcinalmente gregos, depois egípcios e daí seguiram para tradução em várias outras línguas. Os diálogos filosóficos de He rmes Trismegisto, apesar de terem influenciado muitos estudiosos na Europa, entre eles os rabes pr -modernos, permaneceram praticamente desconhecidos. Hermes era mais conhecido como um mestre de astrologia, alquimia e da arte de se fazer talismãs. Os textos mais importantes atribuídos a Hermes Trismegisto são a Taboa de Esmeralda e os textos do Corpus Hermeticum. Esses escritos ensinam técnicas de como extrair poderes mágicos das propriedades ocultas dos elementos terrestres e celestiais. Muitos desses escritos são decorados com signos criptográficos e alguns deles com símbolos imitando os hieróglifos egípcios. Fora de seu contexto, esses textos perdem seu sentido, aparecendo como representaes de uma “escola de pensamento” oculta.

431.pdf

Jan 11, 2019
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks